segunda-feira, novembro 01, 2010

Não tema estado amado, eu te defenderei!

Tem coisa melhor do que voltar para casa? Não, não é!? Há situação mais tranquilizadora? Saber que na sua cidade você pode ser assaltado, ser morto, roubado, mas será pela sua gente, será pelo seu povo. Não terá de render-se a outra cultura que não seja a sua. Isso soa como se eu estivesse em outro país, não é? Pelo incrível que parece, eu estava no Brasil! Eu como um jovem sonhador que sou, joguei a moxila nas costas e parti, rendi á esta etapa louvores, acima do que á mim mesmo. Larguei meu chão, abandonei “facu”, pedi demissão de emprego e esnobei tudo o que eu sabia sobre viver só por achar, que merecia ir atrás do que nem eu mesmo sabia. Amarga desilusão, mas aprendizado bom! Sim, isso é um desabafo. Ranço de termino de adolescência. Mas conhecer-se é isso, não é? Agora eu digo que não, se fosse o antes, diria que sim. Muitas coisas boas me aconteceram, neste local do Brasil, onde o separatismo é gritante, o preconceito de todas as maneiras é escandaloso e difundido por eles. Desculpe-me não dizer a localidade, mas pretendo ainda viver. Volto para Sampa, acreditando que o paulista é o melhor que representa o Brasil, aqui nós temos o trânsito, somos a megalópoles da América Latina e não falamos ALEMÃO e sim o PORTUGUÊS, e mesmo poluidores estamos preocupados com o eco sistema. Aqui fazemos arte e política, nosso preconceito é muito mais raso e facilmente sanado por processos judiciais que são aplaudidos pela sociedade. Dedico este meu blog, aquele verdadeiro Brasileiro, que com braços mulatos, mistura de todas as etnias que vieram aqui trabalhar, mostrou ao mundo a economia e a moderna cultura brasileira, São Paulo. Berço mãe gentil do progresso, seu sucesso atrai inveja e adorados. Não tema estado amado, eu te defenderei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...