segunda-feira, janeiro 10, 2011

“MENINAS DA TELEMETRIA”

Relutei um pouco em como começar o Blog agora em 2011.

Cogitei criar crônicas pesadas em defesa da minha cidade amada - São Paulo e a corrupção avassaladora por políticos. Ou a descriminação dos menos favorecidos por parte da burguesia paulistana. Planejei também fazer um recorte cultural sobre as inúmeras figuras que encontro em meu percurso urbano, traçando meu pensamento entre o trabalho, faculdade, casa e divertimento. Mas abandonei tudo! O que é muito fácil para mim, basta apertar o backspace e praticamente minha mente é limpa de fatos, momentos, pessoas e situações.

Estou escrevendo um novo livro. Ele é forte, denso, apaixonante e sério como uma “amêndoa”; envolvente como seu óleo, onde o amor nada mais é do que um simples ato corriqueiro de pessoas que pela coincidência do destino, como estrelas no firmamento cósmico da vida, na terra se encontraram mãe e filho.

Por isso, resolvi seguir a linha natal e ano novo.

Escreverei pequenos contos inspirados no cotidiano, para assim fugir um pouco do trabalho denso, utilizando-me de criatividade descomprometida e irresponsável (se assim conseguir). Olhando as nojeiras humanas por um prisma onde somente as letras podem nos mostrar. Para isso contarei com o apoio das meninas da “TELEMETRIA”. Falaremos sobre elas em outro momento. Darão as nojeiras e eu darei o toque mestral das letras. Oh não, não pensei que me sinto por dizer-“e eu darei o toque mestral das letras”, tenho consciência de que sou um medíocre escritor, cuspindo a esmo as vísceras urbanas que me tangem a alma; e envergonhando os grandes mestres da literatura. Mas... Eu sou assim!

Obrigado

Que venham as “MENINAS DA TELEMETRIA”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...