sábado, março 05, 2011

In natura

O primeiro poema para a coletânea: Daiane Kelly In natura

Dentro de mim grito por onde anda

A gosto doce-ácido do morango

Isso é pulsão ardente de homem

Amo-te assim, no calmo oi de site

Na mais doce intimidade da carne

E te quero presente na saudade.

Kiribati nesta imensidão de você

Eu grito te desejo, de lábios fechados

Lembrando do morango que desaparece

Lançado em seus lábios que não me beijam

Yago in natura que me desperta lembranças.

Obs. Para foto Red. 1 de Daiane Kelly, amiga do colégio IASP.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...