segunda-feira, julho 11, 2011

Grupo Iluminatus

Docentes e estudantes são atores indispensáveis no processo de ensino e aprendizagem que é o meio para um desenvolvimento educacional e social do cidadão. È nesta premissa que uso como base para fundamentar o desenvolvimento do grupo de poesia Iluminatus na E.E. Jardim da Luz. Quando inicie no programa “Escola da Família”, meu intuito como de muitos outros jovens que se inscrevem no programa era estritamente o custeio dos estudos. Entretanto com o desenvolver do projeto de algo novo para a comunidade e a interação e participação ativa dos alunos, esse tímido empenho iniciou um processo de desenvolvimento superior as expectativas da diretora da escola Mirian de Carvalho e da educadora profissional Maria de Souza Oliveira, sendo assim firmei o compromisso de tornar o conhecimento da poesia por partes dos alunos algo superior a apenas um programa de bolsa de estudos.

O olhar da criança sobre o espaço-escola aberto a comunidade e suas experiências de vida. Este é o foco principal para a realização do projeto Grupo de Poesia Iluminatus. Existem relações profundas entre o simples ato de ler, cultura e arte no processo de criação humana. No entanto raramente estas discussões integradas se realizam em sala de aula. Tema que buscamos proporcionar ao grupo de poesia. Além de proporcionar um aperfeiçoamento das faculdades intelectuais em português e literatura propostos em sala de aula nos dias letivos, mas com uma roupagem descomprometida em que a abordagem e o interesse do jovem são o combustível condutor dos encontros que ocorrem na biblioteca aos sábados e domingos. A primeiro passo realizamos um concurso de poesia livre em que os alunos interessados poderiam por em pratica o livre desejo de escrever. Como premio do concurso participar do passeio junto aqueles que se escreveram livremente para o grupo de poesia ao Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Lá os alunos contaram com uma programação especialmente elaborados para eles. O grupo de poesia obteve a parceria do núcleo educativo do espaço com a pessoa da Camila.

Dá um medo de que a subjetividade da poesia não seja aprendida pelos jovens. É bem verdade. Mas quando passa o medo, a coisa vai ficando fácil, e o olhar preconceituoso é rendido por poemas limpos e bem desenhados por dramas sociais. E esse desenvolvimento tem rendido frutos gloriosos com poemas que refletem a vivência do jovem carente e do sedento por oportunidades. Um reflexo de um Brasil em moderna construção educacional!

Estamos em preparo para o primeiro recital do grupo de poesia e exposição deste trabalho. Junto a parceria Casa das Rosas com data já prevista os alunos foram convidados a participar do recital que acontece mensalmente na casa. Assim expandir os conhecimentos em sala de aula e apresentar-se diante do mundo literário como construtor de ideias e formadores de opinião. Para tanto o programa escola da família é a ponte entre os educadores universitários como eu, Robson Di Brito, e as comunidades onde as transformações humanas ocorrem a todo o tempo de forma transformadora e magnífica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...