terça-feira, fevereiro 12, 2013

A minha exuberante Rainha



Para o antepenúltimo conto-crônica sobre a vida musical de Maurindo lancei mão de vários recursos. Primeiramente, não é nenhum segredo do abismo, que sou fãzaço da Gaby Amarantos, esta apetitosa Rainha do Tecnobrega. Antes mesmo de cair no gosto popular já a seguia através a internet, e Xirley me dominou de tal maneira que quando penso em Gaby, ou em Tecnobrega o primeiro hits que me vem na mente é CCC: Café Coado na Calcinha – Gargalhadas retumbantes.
Pois bem...
Utilizei as crônicas de José Simão (Ueba! O Pato virou coelho) e de João Pereira Coutinho (É proibido proibir?) do Folha de São Paulo no dia 05 de fevereiro de 2013. Além das crônicas, fiz uso também do que vejo por minha amada e desigual, corrupta, tranquila – antagônica São Paulo.
E novamente o personagem revela milhares de possibilidades.
Xirley possui um vídeo criativo e exuberante (Xirley Xarque e os Malacos da TF). Anexo aqui o link para apreciação de todos. Veja até o final, nele há uma mensagem maravilhosa!
Apresento então:

Eu sou assim, assim que sou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...